sábado, 24 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Brasil 2014 - Rio 2016

de 1/8/2010 a 7/8/2010

"O que o povo tem pra comemorar com a realização das Olimpíadas aqui, no Brasil? Nada. Os únicos que têm motivo pra isso são os políticos, e o recém surgido estato empresariado, que nasceu das megas estatais : Petrobrás, Correios, Previ, BNDES, e por aí vai. Esses assim chamados estato empresários faturarão alto com o superfaturamento e desvio de verbas públicas. O Pan no Rio, que estava orçado em R$ 414 milhões, acabou custando R$ 3,7 bilhões. A Olimpíada começou orçada em 26,5 bilhões e, em 201,6 acabará custando R$ 237 bilhões. Simultaneamente, a Copa começa com um orçamento de R$ 33 bi, dos quais o governo bancará R$ 29 bi, devendo a iniciativa privada entrar com a diferença de somente R$ 4 bi. Em 2007, a estimativa de gasto com estádios estava em R$ 1,9 bi, e já saltou para R$ 5,1 bi. Como todas as obras estão atrasadas, o governo Lula cobra urgência e, como a pressa custa caro, a realização das Olimpíadas não custará menos de R$ 295 bilhões. A exemplo do estrago que a construção de Brasília causou à economia brasileira, os próximos grandes estragos serão esses dois eventos. Ambas constituirão a maior herança maldita que Lula deixará. Não é à toa que o símbolo da Copa retrata uma pessoa desesperada, que esconde o rosto com as mãos. Talvez de remorso, ou susto."

Iracema Palombello - 3/8/2010

"Gostaria de saber se vai haver alguma mudança na nossa Olinda/PE, pois vivemos no flagelo com ruas sem calçamentos e sem saneamentos, desde 1500. Principalmente Amaro Branco e Bonsucesso."

Alcione da Silva Alves - 6/8/2010

"Como na Roma Antiga, a política 'panem et circenses' (pão e circo)."

Jefferson Martinez Bogo - 7/8/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram