terça-feira, 20 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

dr. Pintassilgo

de 1/8/2010 a 7/8/2010

"Morei em Casa Branca, de 1939 a 1946. Meu pai, médico, foi diretor do Sanatório Cocais, na época, hospital para hansenianos (Vôo n° 36 - "Casa Branca" - clique aqui). Nessa época era muito criança: tinha 6 anos quando fomos para lá. Mas, posso dizer que foi a melhor coisa que podia acontecer a uma criança. Casa Branca era o tipo de cidade que todos devem pedir a Deus para passar a infância: calma, sem nenhum traço de violência (em todo em que morei lá, não houve sequer um roubo, uma briguinha, um atropelamento - mesmo porque não havia muitos carros; chegamos a dormir, por distração, com a porta da frente sem trancar!). Quando ouví falar que iam construir lá um presídio, juro que fiquei triste. Sabia que então toda a paz, toda tranquilidade iriam acabar. Que pena! É como diz o ditado: não há bem que sempre dure... Gostei muito do seu site. Coloquei nos meus Favoritos. Ah, ia me esquecendo: entre os casabranquenses que se pode considerar ilustres, está Guilherme Afif Domingos, a quem conheci pequeno, e cuja mãe, Dona Henriette, foi amiga de minha mãe. Seu pai tinha na época uma tecelagem. Bom, paro por aqui. Parabéns, mais uma vez, pelo seu trabalho. Atenciosamente,"

Léa Wanda Maurano - 6/8/2010

"Prezado dr. Pintassilgo, o tempo passou, vários Juízes passaram pela nossa pequena cidade e seria por demais interessante o seu retorno nesta comunidade, para se constatar que, ainda carecemos da instalação de uma segunda vara, e de novas instalações para o 'Juizado Especial' que se encontra alojado (para não dizer amontoado), na sala destinada ao Tribunal do Júri, localizado no interior do Fórum. Só vendo para crer! A credibilidade e a seriedade deste site, representados por pessoas de naipes tão ilustres como o sr., me faz acreditar que as nossas necessidades e o sonho de melhorarmos nossas condições de trabalho, somente poderão acontecer quando batalhamos e divulgamos nossas carências e a nossa luta por uma advocacia mais digna e respeitada. Observando ainda, que temos aqui na cidade, uma respeitável Associação dos Advogados de Bariri, denominada AAB, existente há 37 anos, sendo sua criação anterior à própria Subseção da OAB, cuja sede própria está sendo construída pelos advogados associados e muito temos lutado juntamente com a OAB local, por melhorias e em defesa das nossas prerrogativas. O que é uma raridade na nossa classe, e infelizmente, a existência da AAB não foi divulgado na matéria anterior. Fica aqui registrado minha solicitação e desde logo, agradeço a sua atenção."

Anete Z. Chahim - Presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB e ex-presidente da AAB - 6/8/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram