terça-feira, 20 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Artigo - Estupradores usam nova lei para reduzir tempo na prisão (!)

de 22/8/2010 a 28/8/2010

"Bastante esclarecedora a posição do grande jurista Luiz Carlos Gomes (Migalhas 2.457 - 24/8/10 - "Separar o joio do trigo" - clique aqui). Só acrescentaria que não é somente o poder legislativo que se tornou um apendice da mídia e pratica 'populismo penal'. Desgraçadamente o Judiciário sofre deste mesmo mau, basta ver a posição aditada pelo STJ, que se auto intitula Tribunal da cidadania. Ressalte-se ainda que essas posições adotadas pelo STJ em nada contribuem para diminuição da violência e tão pouco realizam Justiça."

Jair Carlos de Souza - 25/8/2010

"O que dizer de um pensamento inteligente (Migalhas 2.457 - 24/8/10 - "Separar o joio do trigo" - clique aqui) ! Sempre estamos aprendendo. De repente lembrei-me de uma situação de aumento da pena, quando uma pessoa é assaltada pelas costas. Muito interessante o direito, é rico."

Maria Amélia C. Soares - 25/8/2010

"A equação maior desvalor do fato = maior pena é realmente maravilhoso para que os nossos magistrados exercitem bem a subjetividade da melhor maneira possível e que lhes sirva de exercício para que a jurisprudência tenha cada vez mais decisões, não somente pegadas à letra da Lei, mas também construídas com a sabedoria de cada um que as decidem (Migalhas 2.457 - 24/8/10 - "Separar o joio do trigo" - clique aqui)."

Edson Allabi Abdo - 27/8/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram