sábado, 24 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Humor e eleição

de 22/8/2010 a 28/8/2010

"Parabéns pela iniciativa de propositura de ADI junto ao STF, resguardando mais do que uma simples suspensão de artigo de Lei Eleitoral, um direito essencial de cidadania, o direito de rir, de rir de si próprio e de assim preservar a sanidade do sistema (Migalhas 2.459 - 26/8/10 - "Piada" - clique aqui). Todos sabemos a função até mesmo educativa do 'bobo da corte' e das amplas garantias de que dispunha, no exercício do seu mister, pela valia de suas atitudes. Estou junto com vocês nessa empreitada cívica, cidadã e democrática."

Pedro Antônio - 26/8/2010

"Oportuna liberação, mesmo porque, além de ser incompatível tal legislação com nosso direito de expressão, o mesmo não ocorre com os candidatos que debocham dos eleitores, das instituições parlamentares, ainda, demonstram total desconhecimento da importância do cargo que pretendem ocupar. exemplo : Tiririca, Dinei, Maguila, Mulher Pêra, Moacir Franco e outras imitações do falecido Dr. Enéas etc..."

José Geraldo Winther de Castro - 27/8/2010

"É certo que a imprensa não pode extrapolar os limites do seu direito de informação e liberdade jornalística e humorística, contudo, não pode ser podada das constitucionais garantias da liberdade de expressão, pensamento e informação (Migalhas 2.460 - 27/8/10 - "Piada" - clique aqui). Nos casos de abuso desse direito (que existem, não vamos negar), existem outros mecanismos jurídicos para penalizar o infrator, mas jamais devemos aceitar que o negro véu da censura seja admitido, sob pena de retrocesso aos (não tão velhos) tempos da ditadura. Aliás, porque as autoridades não se preocupam em penalizar os próprios candidatos que, ridicularizando o eleitor, pedem votos para si, alegando que (sic), 'pior do que tá, não fica'. O povo brasileiro não é palhaço !"

Marcus Vinicius Heguedusch - 27/8/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram