sábado, 24 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

José de Alencar

de 29/8/2010 a 4/9/2010

"Quero cumprimentar Migalhas. Agora, para mim, atingiu seu auge ! Sempre achei que José de Alencar foi o Dante Alighieri da língua pátria : Brasileira! "Esta língua não exista. É o portugues !" Diziam-me. E eu, quieto, ficava, só, com a minha língua brasileira. É difícil explicar ! Mas José de Alencar entendeu, com o seu "Senhora", sem acento. Que me desculpe, Machado de Assis (com toda sua verve, sagacidadade e inteligência), mas quando se fala de escritor, "Brasileiro", este é José de Alencar."

Mauricio Branda Lacerda - 30/8/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram