quinta-feira, 22 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Artigo - Soberania popular

de 19/9/2010 a 25/9/2010

"Concordo plenamente com as palavras do Ministro Pazzianotto, no que tange ao direito destes candidatos se candidatarem e se elegerem aos cargos públicos, principalmente por defendermos a democracia e pelo pressuposto de que se são eleitos, significa que seus eleitores se identificam com tais candidatos (Migalhas 2.477 - 23/9/10 - "Indelegável soberania" - clique aqui). Temos os governantes que escolhemos e se os eleitores acreditam que estes deve ser seus representantes no Congresso Federal, que assim seja, mas o importante é que, como disse Gaudêncio Torquato, neste mesmo veículo, estes votos não signifiquem 'desencanto com a política tradicional; deboche; desrespeito ao Parlamento; falta de compromisso; ausência de valores e princípios; voto no lixo; simples brincadeira; desprezo pelos políticos' porque estas reações demonstram desrespeito com nós mesmos, falta de consideração com nosso trabalho e nossa vida, no futuro que esperamos para nosso país. Estes candidatos muitas vezes não possuem a mínima aptidão política, mas são convidados pelos partidos apenas para serem chamariz de votos e elegerem consigo, mais 1, 2, 3, 4, ... O fator de quoeficiente eleitoral, deixou de ser uma forma de possibilitar representatividade, tornando-se uma prática antidemocrática. Novamente usando as palavras de Torquato 'o eleitor vai votar em quem viu e eleger quem não viu'."

Lillian Zanetti - 24/9/2010

"Excelente, precisamos urgentemente colocar-nos na nossa posição de respeitador das leis, pois não é o Tiririca da Silva que nos impedirá de alcançar a plena democracia (Migalhas 2.477 - 23/9/10 - "Indelegável soberania" - clique aqui)."

Abílio José Guerra Fabiano - 24/9/2010

"Parabenizo o Ministro Pazzianotto pela elucidativas observações sobre o processo eleitoral brasileiro (Migalhas 2.477 - 23/9/10 - "Indelegável soberania" - clique aqui). De fato, se o poder emana do povo, é ele quem deve decidir sobre a qualidade de seus representantes. Caso contrário, para que serviriam as eleições !"

Nylson Paim de Abreu - 24/9/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram