terça-feira, 20 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Claviculário Supremo

de 15/5/2005 a 21/5/2005

"Prezados, Segundo o nobre editor de Migalhas o Ministro Marco Aurélio é o chaveiro do Supremo (Migalhas 1.167 - 13/5/05), que abriu o sigilo fiscal do presidente do BACEN. Nesse passo, lamento apenas o fato de que não existam chaveiros no legislativo, capazes de abrir as votações em plenário, fazendo com que nossos congressistas deixem de lado a ocupação diária com futricas, e passem à diária missão de legislar em prol da sociedade brasileira. Infelizmente há tanta coisa por fazer, mas parece que muitos poucos se dão conta disso. Só para lembrar, há anos atrás aprovou-se projeto do Senador Pedro Simon, que instituía o documento de identidade de número único, retirando a validade das atuais cédulas de identidade. Sem regulamentação, acabou a lei se tornando letra morta, mas sabe-se lá se a carteira de identidade civil que levamos no bolso continua válida. Abraços."

Marcelo Santagada de Aguiar - escritório Aguiar, Coelho Advogados Associados - Porto Alegre/RS - 16/5/2005

"Tão bom a gente levar

Uma modesta vidinha

E comprar no artesão

Uma bonita vaquinha

Com abertura no lombo

Para guardar moedinha

Quebrar sigilo de pobre

É quebrar sua vaquinha

Pois a riqueza do triste

É muito pequeneninha:

Uma cabra, dois cabritos

Alguns ovos de galinha!"

Zé Preá - 17/5/2005

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram