Cannabis

6/6/2005
Pedro Luís de Campos Vergueiro

"Agora entendo porque o ministro Gilberto Gil é tão fora dos padrões em suas atitudes comportamentais. Deixei de pensar que assim elas eram apenas para fazer algum gênero. Depois de tanto tempo queimar a canabis, seus neurônios devem ter ficado avariados; daí seu comportamento "despadronizado". Irremediavelmente!? É isto o que dizem os médicos especialistas em assuntos cerebrais. Porém, nessa história, o que é ainda muito estranho, é o Presidente Luiz Inácio não ter se pronunciado a respeito, ele que, além de gostar de falar sob improviso, ficou tão bravo quando o jornalista estrangeiro disse que ele tinha gosto por uma caninha. Diante do silêncio presidencial em face dessa estultícia do Ministro Gil.Gil, isso faz pensar que a braveza decorreu do fato do jornalista ser norte-americano. Não obstante, faço a indagação: O que pensa o nosso presidente, tão falador, sobre as afirmações e propostas apologistas do Gil.Gil a respeito de fumar maconha por bel-prazer?"

Envie sua Migalha