domingo, 25 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Migalhas

de 26/6/2005 a 2/7/2005

"Diante das críticas de alguns advogados aos comentários políticos veiculados em Migalhas, venho me solidarizar com a redação deste ilustre informativo e agradecer o grande serviço prestado a toda a comunidade jurídica que, em sua maioria, não se deixa iludir pela milionária "propaganda oficial deste governo."

Roberto Falchi Martins - Oficial de Justiça 37.ª Vara Cível Central da Capital - 27/6/2005

"Simplesmente empolgante receber Migalhas."


João Batista Bortolin, vice-presidente do Memorial Hélio Ribeiro -
www.helioribeiro.com.br


Nota da Redação
- Caro leitor, obrigado pelo elogio. Nós aqui só catamos as migalhas. Ah! Quisera tivéssemos, como o saudoso comunicador Hélio Ribeiro, ter "o poder da mensagem".

- 30/6/2005

"Oi gente... Sou apenas um átomo de pó dentre tantos migalheiros, muitos dos quais, brilhantes. Acho a redação de Migalhas 'simplesmente um luxo' e, assim que recebo o boletim, procuro avidamente pelos comentários dos pobres redatores de Migalhas... Sei que vocês devem receber esse tipo de crítica às pencas, mas não poderia deixar de dizer que me sinto feliz lendo o 'Migalhas', pois a mim parece que converso com meus semelhantes (muita gente fala que eu sou louca! Mas não!) e sinto-me em casa. Aliás, deixei meu emprego no poderoso Banco Santos há pouco e, se eu não tivesse tanto medo da severidade e crueldade do redator-chefe, até pediria pra "encher uma ficha" pra trabalhar aí com vocês. Eu seria uma 'Sabrina' do Migalhas, como aquela do Pânico. O que acham? Pessoas, vocês simplesmente a-rra-sam! Parabéns! Isso era pra ser apenas uma notinha, mas sofro da moléstia 'dedus nervosus' e não páro de escrever. E... o tempo urge! Como diriam alguns amigos meus: 'Fugit irreparabile tempus!' (E eu nem tenho mensalão!) Um abraço grande,"

Regina Moraes Martins - 1/7/2005

"Parabéns a Migalhas e seus colaboradores pela cabalística edição 1.200 (clique aqui)!"

Roberto José Taques de Negreiros - 1/7/2005

"Caríssimos Redatores: Ratifico a migalha panegírica da Regina Moraes Martins (Migalhas 1.200), que, aliás, pela sua verve ("átomo de pó", "dedus nervosus"), e decisivamente fina articulação redacional, bem mereceria uma oportunidade em qualquer poderoso rotativo. Abraços."

Regnoberto Marques de Melo Jr. - 1/7/2005

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram