Justiça gratuita

18/6/2012
Carlos Alberto Garcia Passos

"Inteiramente de acordo com a respeitável decisão (Migalhas 2.895 - 15/6/12 - "Justiça gratuita" - clique aqui). A afirmativa é apenas uma ilustração da realidade e não uma verdade absoluta. Está na hora de se acabar com o paternalismo no Judiciário. Se tem automóvel tem que arcar com os custos então decorrentes, incluindo ai, as custas processuais de eventual discussão sobre o veículo. Parabéns ao ilustre magistrado. Só que é uma pena que tal decisão não encontrará abrigo nas esferas superiores. Abraços a todos do Migalhas."

Envie sua Migalha