Civilizalhas

5/9/2012
Julia Barbosa

"Prezado Adriano, li seu artigo e achei realmente esclarecedor (Civilizalhas - 5/9/12 - clique aqui) . Surgiu uma dúvida, no entanto, com relação a outro assunto. Se, por exemplo, há um casamento cujo regime é o de separação total dos bens. No caso de divórcio, não há dúvida que os bens não se comunicam. Todavia, caso haja morte de um dos cônjuges, pergunto se os bens pertencentes ao cônjuge falecido se comunicam (na sucessão) com os do sobrevivente, na presença ou ausência de descendentes? Abraços,"

Envie sua Migalha