Nordeste

6/11/2014
Abílio Neto

"Caro dr. Alexandre, obrigado por suas palavras. A idade nos ensina a refletir melhor sobre diversos assuntos, entre eles, a política. Para mim, esse escândalo do Petrolão foi o meu limite petista. Disse aos meus filhos que iria trocar de partido (votei na Marina) e um deles me disse que eu estava "'trocando de bando'. É triste essa avaliação que os jovens fazem dos políticos. Votei no Aécio porque sou um ser livre. Parabéns pelo seu neto! Eu também tenho um que é mineiro-pernambucano. O garoto adora pão de queijo e torresmo. Abraços!"

Envie sua Migalha