quarta-feira, 21 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Advogado peticiona em versos e juiz decide em poesia

de 5/7/2015 a 11/7/2015

"E de homens assim poetizando
A Justiça rebrilha se incendiando
E vai a vida se concretizando
Novos jeitos inventados
E os jurisdicionados são brindados
Com os versos inspirados
De exceptos e excipientes
Ainda que vagamente
Vamos sempre estar cientes.

Parabéns aos atores desta bela cena, que comovem e tornam nossas profissões laureadas e significativas (Migalhas 3.651 - 7/7/15 - "Verso e prosa" - clique aqui)."

Marilene Polastro - 7/7/2015

"Maravilhoso (Migalhas 3.651 - 7/7/15 - "Verso e prosa" - clique aqui). Tanto o juiz quanto o advogado."

Jose Antonio Barbosa - 7/7/2015

"Com todo o meu respeito (Migalhas 3.651 - 7/7/15 - "Verso e prosa" - clique aqui)! Amei tanto a peça processual do advogado, como a decisão do juiz! Ficou linda. Parabéns!!!!"

Irani de Souza Araújo Leal Ferreira - 7/7/2015

"Em tempo onde juiz escreve aviso para advogado ficar em pé
De se lamentar cada instante desse tempo difícil
Mas quando vejo notícia como essa renovo a minha fé
E me regozijo com tamanha intelectualidade

Quando se fala em petição e sentença 10
Para que o juiz possa melhor prestar atenção
Penso, onde ficarão a criatividade e desinibição?
E me espanto com tanta criação

Nada como o brilhantismo desse doutor
Acompanhado do magistrado decididor
Que nos engrandece a todos em nosso mister
E agradeço a Deus por ser advogado."

Nilson Theodoro - 7/7/2015

"É a nossa rica expressão literária, dando asas ao imaginário dos operadores do Direito (Migalhas 3.651 - 7/7/15 - "Verso e prosa" - clique aqui). O levado em conta é a solução do conflito. Meus parabéns aos causídicos jurisconsultos poetas tocantinenses."

Aluizo Lima - 7/7/2015

"Em termos poéticos a resposta à exceção é péssima e a decisão judicial é ruim (Migalhas 3.651 - 7/7/15 - "Verso e prosa" - clique aqui). Dizer o advogado que inspirou-se em Ronaldo Cunha Lima é desconsiderar o grande poeta e jurista paraibano."

Ronaldo Tovani - 8/7/2015

"PALMAS AOS DOIS

Ao juiz e ao advogado
Venho sacar o sombreiro,
Por direito - o motoqueiro
Teve o caso apreciado
Como um quadro emoldurado
Por pinceladas fidalgas;
Dois poetas - cujas almas
Da Themis com seu fadário,
Cumpriram o justo ideário
Junto à Comarca de PALMAS."

Mano Meira

Eldo Dias de Meira - 9/7/2015

"... que alegria ver o Mano Meira, atuando sempre inspirado, ...
... os demais aqui presentes, fazendo eco de a riba desse país continente, ...
... te provoco Mano Meira, vem rima no meu costado, ...
... o causo do motoqueiro, contra a seguradora, ...
... trouxe à lembrança o Habeas Pinho, de gente muito erudita, ...
... combinam verso e direito, pra sentença acolhedora, ...
... que venha o novo CPC, prometido para o ano, ...
... enquanto houver poesia, vamos arrumando os trastes, ...
... procurando boas aguadas e lenha de boa racha, ... que - segundo o Dom Jayme, aqui da Pampa gaudéria - o veterano da planura, sempre acha, ...
... no mais, deixa soprar o Minuano, pra madurar as barricas, ...
... e continuar acompanhando, a lide do motoqueiro, só pra vê como é que fica, ...

Cordiais saudações!"

Cleanto Farina Weidlich - 10/7/2015

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram