Porandubas políticas

8/7/2015
Aristeu Gil Alves

"Sobre o item 'Contas reprovadas', seria ou não o caso de se considerar a confissão 'patética' do diretor do Tesouro (Porandubas políticas - 8/7/15 - clique aqui)? Se só ele foi  o responsável (como disse), a Dilma, coitadinha, o dispensaria e mandaria outro refazer as contas, nos termos exigidos pela lei. Salvar-se-ia o mandato (que ninguém em sã consciência quer assumir agora) e exporia a realidade caótica das contas públicas, que o tal bedel quis esconder."

Envie sua Migalha