ABC do CDC

26/1/2017
Rodrigo Garcia

Prezado Professor Rizzato, congratulações pelo o já usual sempre excelente artigo (ABC do CDC - 26/01/2017 -clique aqui). Contudo, gostaria de fazer uma ressalva, o evento ocorrido recentemente na praça da Sé, mencionado pelo Dr. foi meramente um ato de vandalismo e não uma pixação (com que pese eu pensar que a pixação é uma forma de vandalismo). Conforme pudemos observar o sujeito do crime mencionado apenas arremessou tinta vermelha sobre a estatua, não vindo a escrever nada nela, o que, portanto, diferencia da prática do pixo, que constitui o vandalismo por meio de escritas, geralmente incompreensíveis. Feitas essas considerações, novamente, o congratulo.

Envie sua Migalha