sábado, 24 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Execuções Fiscais

de 2/7/2006 a 8/7/2006

"Enquanto os governantes seguirem na sua faina de conceder aos devedores seguidas anistias, representadas pelos vários Refis, só os ingênuos ou mal informados continuarão pagando seus tributos em dia (Migalhas 1.414 – 17/5/06 – "Execuções Fiscais" – clique aqui)."

Jessyr Bianco - 3/7/2006

"Infelizmente o comentário do colaborador Jessy Bianco sobre a notícia 'Refizeram o Refis', publicada no jornal 'O Estado de São Paulo', é de alguém que não conhece a dura realidade das empresas com débitos tributários (Migalhas 1.447 – 5/7/06 – "Migalhas dos leitores – Refizeram o Refis"). A idéia de que deixar de pagar tributos para fazer investimentos no mercado financeiro é totalmente inapropriada. Gostaria de saber qual o investimento que ele está se referindo pois desconheço qualquer um que possa chegar perto da taxa Selic, acrescida de 1% e multa de 75%, encargos esses cobrados pelo Fisco na exigência de seus créditos. No mercado financeiro teríamos o CDI, lastreado em títulos públicos, que rende, no máximo, algo perto da Selic. Então talvez ele esteja se referindo ao mercado de capitais, mas ainda assim está muito distante da atualização do fisco."

Paulo Humberto Carbone - 6/7/2006

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram