sexta-feira, 23 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Direito ao silêncio

de 21/1/2018 a 27/1/2018

Não vejo motivos para tanta indignação! (Migalhas 4.280 - 22/01/18 - "Direito ao silêncio" - Clique aqui) Foi bem claro o membro do parquet: se queres igualdade, haja com igualdade! Que se respondessem somente às perguntas do juiz! O problema é que, com o mesquinho argumento da época do governo militar, argumenta-se que a defesa pode tudo! Ressaltamos: NÃO HÁ DIREITO ABSOLUTO!

Aurélio França - 22/1/2018

!!! mais Direito ao silêncio são demonstrações de que, estivesse o Brasil ainda no Século XIX, a Justiça e seu arredor (leia-se MP) seriam um louvor ao atraso. (Migalhas 4.280 - 22/01/18 - "Direito ao silêncio" - Clique aqui)

Juarez Venites - 23/1/2018

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram