quinta-feira, 22 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Gramatigalhas

de 23/7/2006 a 29/7/2006

"Deveriam dar este texto sobre ascendência e descendência para nossa primeira dama ler e se conseguisse sem dar um nó na língua aí teria direito a cidadania (Migalhas 1.434 – 14/6/06 – "Gramatigalhas" – clique aqui). O Brasil exporta tanta coisa e agora exporta vergonha pra Itália, tenho pena dos italianos que terão que olhar pra nossa 'primeira dama' (pros outros pois pra mim está além da última) e chamá-la de conterrânea, eles não merecem isto, nem esta senhora. O que ela fez foi crime de traição e merece fuzilamento como em tempos de guerra. Vamos cassar esta corriola que assombra o País e com a certeza de que só fizeram o mal ajeitam para ir embora como cidadãos italianos."

Ricardo Longhi - 24/7/2006

"Caro Dr. José Maria da Costa, Seria correta a utilização de 'patronesse' em lugar de 'advogada'? Ou somente estaria correto o emprego de 'patrona'?"

Luis Fernando Carvalho - 25/7/2006

"Eis a questão que nos atemoriza todos os dias no costumeiro labor forense: 'Residente e domiciliado à rua X' ou 'Residente e domiciliado na rua X ?' 'Com escritório à Praça Y' ou 'Com escritório na Praça Y' ?"

João Guilherme Simões Herrera - 27/7/2006

"Especialize-se

Não é novidade alguma que o Direito do Trabalho se trata de conjunto de normas que regem as relações de trabalho entre empregados e empregadores, e bem assim os direitos resultantes da condição jurídica dos mesmos. Entretanto, a EPDS - Escola Paulista de Direito Social tem muito a ensinar sobre o tema em seu curso de Especialização (clique aqui) e para quem quer se aprofundar ainda mais nessas relações oferece os cursos de extensão ( clique aqui) e especialização (clique aqui) Direito Previdenciário. Atualize-se. 

Meu generoso Diretor das MIGALHAS – Que diabo de solecismo é esse? Fulano de Tal se trata de....? Pergunte aí aos puristas migalheiros, aos vernaculistas, aos puristas de todo gênero, ao povo em geral. Essa expressão infeliz não resiste a uma análise sintática,  tenho de pronunciar pedantíssimo 'data venia'  -  sem o circunflexo, porque o termo aí está em latim, que nunca o teve.  E o tal de 'dos mesmos'?  Viria de 'metipsissimus', quer dizer, o próprio, pois 'mesmo' é 'idem, eadem, idem'” etc. Esse 'o mesmo' é empregado por pessoas incultas, e ainda, pro cima, pernósticas. Travez: 'data venia'.  

Zé Preá, Valha-me Deus!

Tu se trata de um valente?

Ou tu trata de um doente?

Nós se tratam de um ateus?

Pois tratemos, tu dos teus,

Eu dos meus padecimentos,

Apois tratam-se de uns ventos

Que soltemos com mau cheiro.

Solta tu o teu primeiro

Só prá ver se eu agüento."

Ontõe Gago - Ipu/Ce - 28/7/2006

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram