sexta-feira, 23 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Racismo

de 23/7/2006 a 29/7/2006

"Ainda no assunto sobre racismo, aconteceu algo 'inusitado' com o Professor Paulo Kramer, do Instituto de Ciência Política da UnB. Pois muito bem, mestrandos sentiram-se gravemente ofendidos pois o referido professor usou o termo 'crioulada' para se referir aos negros pobres dos Estados Unidos, aqueles beneficiados pela política assistencialista na década de 1960. Data maxima venia, abrirão um Processo Administrativo Disciplinar sem necessidade, eis as razões: primeiro, o substantivo masculino 'crioulo' é sinônimo de negro, ou seja, é referente ao indivíduo de raça negra; segundo, o 'crioulo' é aquele nativo de determinada região e; terceiro, se chamar alguém de 'crioulo' ou 'negro' é ser racista, devo chamá-lo de quê? Fica aqui registrado meu profundo desapontamento com o reitor Timothy Mulholland e minha indignação com o despropósito dos mestrandos."

Tathiana Lessa - 26/7/2006

"Caríssima Tati. Sugiro 'meu louro'! A seguir cante, com civismo altaneiro, demonstrando seu repúdio ao preconceito: 'Brasil, meu Brasil brasileiro, 'meu louro' isoneiro, vou deplorar-te nos meu versos..."

Alexandre de Macedo Marques - 27/7/2006

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram