terça-feira, 20 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Gramatigalhas

de 30/7/2006 a 5/8/2006

"Esta resposta vai pro Ontõe Gago (Migalhas dos leitores – "Gramatigalhas" – clique aqui), poeta peidão:

Ô Ontõe, perto de tu

eu sou um besta completo

um preá analfabeto

das bandas do Iguatu

eu não me meto em angu

de letrado e de doutor

por isso quero um favor

não aponte minhas falhas

se o redator de Migalhas

pra mim é bom professor!

Mas falando de fedor

no peido eu ganho de tu

com castanha de caju

que produz aquele odor

a batata é outro horror

pior se juntada ao leite

com três pingos de azeite

pode matar um cristão

derruba até avião

não há remédio que ajeite!"

Zé Preá - 31/7/2006

"Gostaria de tirar uma dúvida com o Professor José Maria da Costa. Sempre usei a expressão 'sob o fundamento de' com apoio no que diz Napoleão Mendes de Almeida em seu livro 'Dicionário de Questões Vernáculas', entrada pelo verbete 'sob, sobre', páginas 527 e 528. Depois de fazer algumas considerações, o Prof. Napoleão conclui: 'Da idéia estática de inferioridade deduziu-se, em latim a nas línguas neolatinas, a idéia de sujeição. Daí o 'sub conditione', e o 'sub poena mortir'. Essa idéia de sujeição é que explica 'sob palavra', 'sob o fundamento de'. Gostaria de saber sua opinião sobre o assunto. Atenciosamente,"

Cláudia Emir Vieira Galante – Tribunal Superior do Trabalho - 3/8/2006

"O que é frutífera (exitosa, inexitosa, infrutífera)? A 'audiência' ou a 'conciliação'?"

Laercio Doalcei Henning - 3/8/2006

"Poetas Peidorreiros (Pra Zé Preá e Ontõe Gago)

Ontõe Gago e Zé Preá,

Discussão de letrado

Não é dinheiro achado

Também nesse angu não vou 'entra',

Mas de peido posso lhes 'falá',

Tenho receita de lascar o couro,

Daquelas de matar até touro,

Canjica, repolho, pinhão-assado

E meia guampa de canha no costado

Lhes garanto que é um estouro."

Mano Meira - Carazinho/RS - 4/8/2006

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram