quinta-feira, 22 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Fidel Castro

de 13/8/2006 a 19/8/2006

"Fidel o maior símbolo do terrorismo e de genocídio, da América Latina. Mandou ao 'paredón' quem se opunha ao seu regime. Para os cínicos um homem extremamente democrático. Aliás, sua predileção era enviar tropas e terroristas para desestabilizar Nações. Angola que o diga e outros países. E aos que não viveram nessa quadra da vida, começa a ficar evidente porque os militares brasileiros tomaram o Poder. E o Fidelito quer perpetuar-se no poder, passando o comando para seu irmão Raúl Castro. Ele adora o País que é seu e não do povo cubano."

Osmar Pedroso dos Santos - 14/8/2006

"Fidel de libertador a ditador (Migalhas dos leitores – "Fidel Castro" – clique aqui). Para bom entendedor basta!"

Antônio Orlando de Almeida Prado - 14/8/2006

"Todo povo cubano acima de 16 anos tem arma de fogo. Por que não derrubam o regime e Fidel? Quem conhece Cuba sabe o motivo. São vários, mas os principais são: Cuba não tem nada a ver com os regimes que existiram no leste europeu, o povo cubano fez a revolução, as conquistas sociais são presentes e, finalmente, não suportam interferências sobre o seu país. Cuba é um problema dos cubanos. O nosso é Pindorama."

Armando R. Silva do Prado - 14/8/2006

"A foto do ditadorzinho cubano segurando a primeira página de periódico (com certeza 'oficial') me fez lembrar a palhaçada que por aqui fizeram, há alguns anos, com o ex-presidente Tancredo Neves. É inacreditável a falta de imaginação... Ao contrário de provar que Castro, ex-Fidel, está se recuperando, demonstra que o assassino caribenho está prestes a passar para o lado de lá, se é que ainda não foi ... e cá entre nós, que vá com Deus deixe em paz 'nossa' vida ..."

Alexandre Thiollier – escritório Thiollier Advogados - 14/8/2006

"Todo cubano acima de 16 anos tem arma de fogo? - O que aconteceu com o famoso discurso de Fidel Castro: 'Armas ¿para qué? ¿Para luchar contra quién? ¿Contra el gobierno revolucionario, que tiene el apoyo del pueblo? ¿Es Urrutia lo mismo que Batista? Ahora no hay censura, la prensa es libre y uno puede estar seguro de que la censura no va a ser restablecida, nunca. Hoy no hay tortura, ni asesinatos, ni dictadura. Hoy hay sólo felicidad'?"

Daniel Silva - 15/8/2006

"Nos idos setenta, antes do emissário submarino do Leblon, os desavisados turistas e as hordas suburbanas que se banhavam na então calda infecta das águas da formosa praia, eram conhecidos como os 'Inocentes do Leblon'. Os percalços de saúde do comandante (ia dizendo o 'Jesus está chamando' mas pareceu-me inadequado) propicia o surgimento de uma malta cucaracho-marxista, os 'Inocentes de Cuba'. Felizes, exaltam as excelências das águas do regime cubano. Um prato cheio, para quem gosta."

Alexandre de Macedo Marques - 15/8/2006

"Amado Diretor: Li numa dessas agências de notícias que o ser supremo do bem, George Bush, já se prepara para intervir numa provável sucessão cubana. Junta-se assim aos dissidentes de Miami e outros agoureiros do resto mundo, formando aquilo que bem se poderia chamar de vigília dos urubus. Mas será que o Fidel, apesar de velho, não é parecido com o boi nordestino que, cambaleante pela sede e pela fome, ainda consegue dar um drible nos urubus? Isso rendeu até versos de poeta popular: 'O urubu tá com raiva do boi / E eu já sei que ele tem razão / É que o urubu tá querendo comer / Mas se o boi não quer morrer / Não tem alimentação'. Saudações,"

Abílio Neto - 15/8/2006

"O Dr. Goebbels ensinava seus discípulos que 'uma mentira repetida mil vezes vira uma verdade' e, também, que tirar o fato do contexto contribui para a propaganda do Reich. O senhor Silva, que citou discurso de Fidel, 'esqueceu' de dizer que o discurso é de 1959, portanto antes da invasão norte-americana da Baia dos Porcos e das agressões e cerco que duram até hoje. É só por isso que o povo é armado."

Armando R. Silva do Prado - 15/8/2006

"Uma perguntinha para os açodados fidelistas, amigos do povo, senhores de todas as virtudes, sublimes hipócritas, sorrisos de lagarto, discursos de hiena: 'Quanto é a aposentadoria de uma estatal cubana?' Quá,quá,quá!"

Alexandre de Macedo Marques - 16/8/2006

"'Grandes coisas'. O senhor também 'esqueceu' de dizer que as armas sujeitas à licença são estilingues se comparadas com as armas militares e que conforme a Legislação que regula o porte de arma de fogo, qualquer pessoa que tenha sido, somente, *acusada* de algum delito não pode obter licença - e isso deve ser ‘muuiiito’ difícil em um regime que trata todas as pessoas que não concordam com suas políticas como contra-revolucionários criminosos. Se vai chamar o Goebbels, é bem provável que ele decida pelo empate. Aliás ele deve ter ensinado bem, porque ele nunca falou nada sobre 'tirar fatos de contexto'..."

Daniel Silva - 16/8/2006

"Sobre Goebbels não discuto, pois bushistas, normalmente, são especialistas em manipulações e truculências..."

Armando R. Silva do Prado - 16/8/2006

"Pois é, amado Diretor, as aposentadorias estatais cubanas não são grande coisa: estão muito distantes dos valores das aposentadorias dos anistiados de Fernando Henrique e de Lula. E são ainda mais insignificantes se comparadas com as aposentadorias dos nossos ex-combatentes de praia, aqueles que não foram pra Itália e ficaram tomando água de coco, sol e jogando vôlei, mas que conquistaram o direito de aposentar pelo antigo INPS, de acordo com as contribuições que fizeram nos últimos doze meses anteriores ao requerimento (sem limite de valor da contribuição). Se a DATAPREV não tiver apagado seus antigos registros, a sociedade brasileira poderá tomar conhecimento das milhares e milhares de certidões fornecidas a supostos ex-combatentes (os que foram sem nunca terem sido). Daria também pra avaliar a honestidade do regime dos nossos simpáticos ex-ditadores do regime de 1964, aqueles que usavam óculos escuros porque não tinham coragem de encarar o povo. Outra coisa, os velhinhos cubanos não precisam se preocupar nem com a educação dos seus netinhos e nem com preços absurdos de planos de saúde pra idosos. Lá não tem sequer ANS!"

Abílio Neto - 16/8/2006

"Caro senhor redator. Necrológio. Alçou vôo hoje em direção a um dos círculos de Dante o pranteado, pela direita truculenta, general Stroessner. Às viúvas do general em toda América Latina meus sentimentos. Recepcionarão o dito general, Goebbels, Ribentrop, Franco, e os generais brasileiros do ciclo de 64. Fará a segurança do evento Caronte, Cerebus e Fleury. Desejamos fogos ardentes e eternos."

Armando R. Silva do Prado - 16/8/2006

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram