sábado, 24 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Eleições 2018

de 14/10/2018 a 20/10/2018

"Sou jurista, advogada, com grande prática de atuação na área da Criança e Adolescente e participei com propostas para elaboração do Estatuto da Criança e Adolescente, além de exercer outras ativividades entre as quais acadêmicas como professora universitária (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui). Digo isso porque gostaria muito de assinar esse manifesto em prol da democracia em nosso país e a favor do nosso candidato Haddad."

Rose Mary de Carvalho Teixeira Souza - 17/10/2018

"O Brasil não possui nem uma centena de juristas, na real acepção do termo (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui). Mais um movimento hipócrita, encabeçado pelos esquerdopatas de sempre, que se quedaram inertes e silentes enquanto a Nação era dilapidada. O viés ideológico os deixou míopes, ou não passa mesmo de desonestidade intelectual."

Gilberto Morelli de Andrade - 17/10/2018

"Vergonha (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui)! Sou advogada e não dou apoio para este tipo de gente."

Tania Martins Mattes - 17/10/2018

"Hoje vocês 'grandes juristas' assinam, daqui alguns anos não conseguirão dormir, pois contribuiram com a barbárie (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui). O arrependimento virá. Não sou ninguém na fila do pão, e gostaria e quero estar errada, que todos que apoiam esse homem estejam certos. Porque se eu estiver certa como geralmente costumo estar, nosso Brasil nunca mais será como é, e vamos sentir saudade."

Adriana Mello - 17/10/2018

"Até que enfim (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui)! Parabéns aos professores e advogados por tamanha lucidez!"

Zuleica Ferreira Passini - 17/10/2018

"Muito bom (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui). Opotuno e pertinente."

Pedro Pereira Campos Filho - 17/10/2018

"Gostaria de deixar a minha gargalhada 'hahahahahahaha' na matéria de apoio 'de milhares de juristas' ao Haddad (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui)."

Paula Abati - 18/10/2018

"#Haddad 13 (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui). Pelo povo brasileiro! Pela democracia!"

Luciene Teixeira da Silva - 18/10/2018

"Quanta soberba! Pai, perdoe, eles não sabem o que fazem. Trata-se de uma reação própria do instinto de sobrevivência. E, é bem verdade, influenciada pela formação marxista que moldou de tal forma a visão de mundo dessa gente que tudo que não provém deles é fascista, é antidemocrático, errado."

Shirlei Cruz - 18/10/2018

"Engraçado (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). A reportagem sobre o Bolsonaro é uma listinha bem pequena, uma fotinho bem sem sentido. Enquanto a mesma matéria do Haddad é uma matéria imensa. Dá pra ver que o Migalhas é petista, sem sombra alguma de dúvida."

Sandro Constantino Dias - 18/10/2018

"Torço por um governo mais honesto e transparente (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). Chega de corrupção! Não merecemos mais a roubalheira que o governo PT criou. Espero que esse governo, diferentemente do que é divulgado, respeite os direitos adquiridos pela minoria e principalmente respeite nossas florestas!"

Márcia Cristina Alves Vieira - 18/10/2018

"Migalhas até agora não disse de que lado está (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). Mas ao analisar os textos sobre eleição para mim fica claro que seu apoio é ao PT. Tudo bem, faz parte da democracia. Mas seu apoio deveria ser menos velado. Essa história de ficarmos lendo nas entrelinhas sobre esse tema é enjoativo."

Nilson Theodoro - 18/10/2018

"Li o manifesto e mesmo sendo professor e também apoiando o candidato Jair Bolsonaro não consegui identificar no texto onde a categoria de professores se encaixa no mesmo (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui)."

José Carlos Vieira de Araújo - 18/10/2018

"Vamos ver se entendemos direito o que a matéria significa (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui). O texto de apoio a Haddad já está subscrito por cerca de mil advogados (pouco mais de mil). Não sei se o número atualizado ainda é este, mas há mais de 400 mil advogados somente na OAB de São Paulo. O que pensam os outros 399 mil? Este é um ponto curioso. Somente mil ou dois mil advogados tiveram a chance de apoiar o Haddad nesse manifesto? Alguma coisa não está batendo, ou então o apoio da classe jurídica à esquerda já não é tão expressivo como foi outrora. Será que o petrolão, o mensalão, a corrupção existente também dentro da esquerda, e o fato do Haddad ser favorável ao aborto e à ideologia de gênero tem algo a ver com esse pífio apoio da classe jurídica? Veremos no dia 28."

Dávio Antonio Prado Zarzana Júnior - 18/10/2018

"Outra falácia que está sendo divulgada, inclusive no manifesto em comento, é que o Bolsonaro ameaça a democracia (Migalhas quentes - 17/10/18 - clique aqui). Ora, como ele pode ameaçar a democracia se deseja ser eleito pelo voto democrático, universal, secreto, direto e periódico, assim como já foi eleito diversas vezes? A esquerda já não engana mais, os livros tanto de esquerda quanto de direita, ou propagados por ambos, já são do alcance de todos quantos quiserem consultá-los. E o povo brasileiro cada vez mais descobre que os maiores assassinos da história da humanidade foram os comunistas, sem qualquer paralelo na história, repita-se. Como é que a vice do Haddad apoia tal regime, de forma escancarada? É aí que está a maior ameaça à democracia, cuja organização para destruir a América Latina estava em curso com o Foro de São Paulo (e ainda está, até que todos os países virem uma Venezuela atual). Recomendo a leitura do 'O Livro Negro do Comunismo', de Stéphane Courtois e diversos outros autores; 'Desinformação', de Ion Mihai Pacepa; 'Dicionário de Política', de José Pedro Galvão de Souza, e 'Marxismo Desmascarado', de Ludwig Von Mises. Sugiro também a leitura do 'O Capital', de Marx, para a análise e contraposição com as obras acima. Verão como é assustador constatar que o comunismo-socialismo-marxismo é uma coisa na teoria (já eivada de tremendos equívocos) e uma outra coisa bem diferente, na prática."

Dávio Antonio Prado Zarzana Júnior - 18/10/2018

"Ele sim (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui)! Pelo retorno do Brasil ao desenvolvimento, sem corrupção, com ordem e progresso e cumprimento das normas de uma Estado Democrático de Direito."

Nilo Sérgio Marchi - 18/10/2018

"Me sinto envergonhada pela declaração pelos mais óbvios motivos (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). É contraditório citar a Constituição para apoiar um candidato que desconhece seu teor. Os mais variados discursos deste presidenciável evidenciam a nítida violação aos direitos das minorias. #Elenão."

Honorina Santos - 18/10/2018

"Ainda bem que na democracia não são só os advogados que votam (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). Ufa!"

José Roberto C. Raschelli - 18/10/2018

"Jesus Cristo (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). O que estão fazendo com o nosso país? Tudo isso guerra por poder. E na verdade quem vai sofrer as consequências são os pobres e indefesos. Senhor tenha misericórdia dos seus filhos brasileiros. Que Deus nos ajude que se for o Haddad que ele tente consertar o que dizem que o Lula estragou e se for o Bolsonaro que Deus abrande o coração dele. Senhor intercedei por nós."

Gilberto Oliveira - 19/10/2018

"Estão com medo da ordem (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). Isso deve ser desesperador."

Maicon Silva - 19/10/2018

"Só um ou dois nomes de bom quilate na lista do Bozo, e ambos de contribuição pouco relevante para a sociedade (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui)."

Daniel Mello - 19/10/2018

"Há outros tantos juristas apoiando o candidato Bolsonaro (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). Eu, particularmente espero que passada a eleição, em especial para presidente, todos tenham consciência de que somos brasileiros, independente da escolha de cada um. O presidente eleito vai ser de todos e não somente de quem nele votou. Tenho a opinião de que acreditar na derrocada da democracia pela suposta vitória de um determinado candidato é não ter fé nas instituições. Bem ou mal o Congresso funcional, não há nada que possa impedir o funcionamento do Poder Justidiário e o Executivo é refém do Poder Legislativo."

Raimundo Nonato Lopes Souza - 19/10/2018

"Capitão, não se exponha nem na rua e não mande o general Mourão, que apesar de preparadíssimo, não tem a habilidade dos políticos. Vão jogar um monte de cascas de bananas para ele escorregar. Faça, isto sim, uma declaração ao povo brasileiro, conclamando todos para uma eleição em harmonia e que todos exerçam sua cidadania pelo voto. Como última recomendação, fale aos brasileiros, na sexta-feira, dia 26, para não dar tempo para aqueles que vivem batendo em si, e pior, na mesma tecla. Boa Sorte!"

Eduardo Augusto de Campos Pires - 19/10/2018

"Pergunta que não pode calar: Por que os doutos intelectuais e juristas não contribuíram com seu 'valoroso' manifesto antes, no início da campanha, quando ainda havia treze cavalos no páreo, e então a fraude intelectual que estão empregando agora poderia ser mais bem disfarçada e, talvez, até pudesse se passar por verdadeira preocupação com a democracia e com o país (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui)? A propósito: Onde estavam os doutos juristas e intelectuais quando o PT fraudou a democracia com o maior esquema de compra de apoio parlamentar e financiamento ilegal de campanha da historia do Brasil e talvez do mundo? E essa baboseira agora de impugnar a chapa de Jair Bolsonaro pela compra de 'memes' por empresários? Nunca lhes ocorreu impugnar as chapas do PT nas três eleições em que a quadrilha passou a perna nos adversários com campanhas eleitorais hollywoodianas financiadas com dinheiro de propina? 'Memes' não ganham eleição. Voto ganha eleição. Jair Bolsonaro foi para o segundo turno com mais de 49 milhões de votos. Como é possível que essa gente esclarecida acredite sinceramente que Jair Bolsonaro possa representar maior ameaça à democracia do que o PT? Ocorre que não acreditam. Se fosse verdadeira a preocupação com a democracia teriam se mobilizado antes, e não aos 45 minutos do segundo tempo, em evidente tentativa de forjar um pênalti contra o adversário. Manifesto em favor de um partido que se provou incompetente e corrupto quando esteve no poder é indecente!"

Shirlei Cruz - 19/10/2018

"'O que me preocupa não é o grito dos maus, é a conivência dos bons' (Milton Córdova Júnior, Migalheiro) (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). É espantoso que supostos juristas engendrem um movimento denominado 'Pela Democracia, todas e todos com Haddad'. Desconhecem a História? Seria conveniente ingenuidade? Ou seria mais uma 'fake news'? É de sabença geral que democracia, PT e Haddad combinam tanto quanto combinam a água com o óleo."

Milton Córdova Junior - 19/10/2018

"Não sou filiado a nenhum partido político (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). Sou filiado ao Brasil, ao bem estar da população, com Justiça, boa ética e honestidade. O que se depreende desse manifesto de apoio ao falso advogado, que nunca exerceu, mas usou a carteira da OAB para visitar condenado, é que estão preocupados unicamente com corporativismo e com o bolso de cada um. Falar em democracia com 62.000 assassinatos anuais é subavaliar a inteligência dos brasileiros. Verdadeira patetada."

Franco Osvaldo nerio felletti - 19/10/2018

"Fico feliz com esse manifesto (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui). Pois estamos atônitos diante de tantas manifestações favoráveis ao candidato, ligado ao grupo que governou nosso Brasil e que comprovadamente cometeram crimes de toda ordem, presos. Que Deus ajude nosso país."

Marly Vieira Tonett Sismeiro de Oliveira - 20/10/2018

"Acham que o Brasil está bem, ou, esteve bem nos últimos anos (Migalhas quentes - 19/10/18 - clique aqui)? Tivemos a maioria dos ministros do Lula presos, a quebra da Petrobras, a maior empresa de construção civil e de frios envolvidas em escândalos vinculados ao PT, a entrada de muitos políticos novos, a saída de políticos velhos (de idade e na política), daí vem um derrotado, dizer-se vítima de campanha feita/ajudada por fake news, ah, é muito cinismo! Aventura jurídica é uma desgraça!"

Gecivaldo Ferreira de Oliveira - 20/10/2018

"Ok, vamos lá (Migalhas quentes - 19/10/18 - clique aqui)! Se eu for candidato e uma empresa resolver fazer essa campanha sem eu pedir, devo ser punido por isso? A empresa que contratou o serviço que pague pelo erro e não o candidato. Mais aqui é Brasil onde tudo é o contrário."

Hélio Demetino da Silva Junior - 20/10/2018

"O Mito eleito vai virar Lenda na História do Brasil (Migalhas 4.464 - 18/10/18 - "Eleições 2018" - clique aqui)."

Carlos Trigueiro von Liebig - 20/10/2018

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram