sábado, 24 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Latinório

de 20/8/2006 a 26/8/2006

"Com referência ao Latinório (clique aqui), um ilustre Professor particular, o melhor que tive, Professor Rios Castelões, do Cursinho Castelões, pelos idos de 1950, fazia-nos decorar a ordem no latim assim; nominativo, vocativo, acusativo, genitivo, dativo e ablativo, principalmente devido à 2ª declinação : us, e, um, i, o, o.Jamais esqueci. Grato"

Olavo Príncipe Credidio – advogado, OAB 56.299/SP - 21/8/2006

"Desejo cumprimentar pela aula de latim dada pelo advogado Olavo Príncipe Credidio, aliás dos poucos ainda a saber latim no solo pátrio, honra tenho de dele ser amigo internauta."

Sebastião Gomes da Costa - 21/8/2006

"Não só o nominativo é o caso do sujeito e do predicado nomonal. O sujeito e o predicado podem, também, ir para o acusativo nas orações infinitivas. ('Latinório'  - (clique aqui)"

Hotans Pedro Sartori - 21/8/2006

"Conheci o prof. Castelões, didático e execelente latinista. Aluno, quando seminarista salesiano, do insigne Pe. Ravizza, a ordem dos casos e: nom.,gen.,dat.,acus.vocat. e ablativo."

Hotans Pedro Sartori - 21/8/2006

"Sr. Diretor de Migalhas. Ainda, quanto ao latinório, o  Professor José Baptista Rios Castelões (este era o nome dele) ensinando o latim para muitos que jamais o haviam visto, procurava formas de serem guardados seus ensinamentos, e até decorados. Quanto à ordem dos casos, como eu disse, ele ensinava: nominativo, vocativo, acusativo, genitivo dativo e ablativo. Não somente a 2ª declinação tornava-se mais fácil. A primeira era a, a, am, ae, ae, a (Rosa ,rosa, rosam, rosae, rosae, rosa); a segunda além de us, e, um, i, o, o/ seguiam-se:  er, er, um, i, o, o / ir, ir, um, i, o, o/e o neutro: um, um, um, i, o, o/."

Olavo Príncipe Credidio – advogado, OAB 56.299/SP - 22/8/2006

"Agradeço as honrosas palavras do Prof. Sebastião Gomes da Costa, que pela sua humildade diz saber menos latim que eu, que não é verdade; pois sabemos que nos hombreamos em conhecimentos mas, em dúvidas, temos o prazer, ambos, de aclará-las com nosso ilustre colega, Professor Dr. Geraldo Lásaro de Campos, um latinista e greguista emérito. Grato"

Olavo Príncipe Credidio – advogado, OAB 56.299/SP - 22/8/2006

"Também nos meus anos de Latim (que muito me ajudou pelo mundo afora no aprendizado de outros idiomas e na necessidade de me debrouiller em terras estrangeiras) a ordem era aquela da segunda declinação:  us, e, um,  i,  o,  o.  Nunca mais esqueci."

Ofélia de Bulhões Pedreira P. Neves - Veirano Advogados - 23/8/2006

"Parabéns pela retomada do latim. A Unicamp tem um excelente curso, aos sábados, de Introdução à Língua Latina. Caso haja interesse o site www.extecamp.unicamp.br."

Maria Rita de Cássia Gomes Amorim - 23/8/2006

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram