sábado, 24 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

TJ/SP distribui notebook a todos os juízes do Estado

de 20/8/2006 a 26/8/2006

"É realmente fantástica a notícia de que o Tribunal de Justiça de São Paulo providenciou um 'notebook' para cada um dos magistrados paulistas (Migalhas quentes - 18/8/2006 - 'TJ/SP distribui notebook a todos os juízes do Estado' - clique aqui). Também é fantástica a intenção depositada na entrega deste equipamentos. Esperamos, agora, que os nossos nobres julgadores não aleguem que o Estado não faz absolutamente nada para lhes proporcionar meios adequados e bons equipamentos para o desenvolvimento de suas atividades. Agora me pergunto (e acho que os advogados migalheiros fazem o mesmo questionamento): Com a praticidade de locomoção que o aparelho proporciona, será que nossos magistrados trabalharam até mesmo quando não estiverem dentro dos seus gabinetes, assim como fazem os executivos de grandes e médias empresas ??? Em caso negativo, qual será a sua verdadeira utilidade e de que adiantará a praticidade ??? Por que não decidiram equipar melhor os cartórios de cada vara do nosso Estado ???"

Carlos Alberto Barbosa de Mattos - 21/8/2006

"Agora sim. Todos os problemas do judiciário serão resolvidos com a compra dos notebooks pelo Tribunal. (Migalhas quentes - 18/8/2006 - 'TJ/SP distribui notebook a todos os juízes do Estado' - clique aqui)"

Tarcísio Abrahão Thomaz - 21/8/2006

"Com o devido respeito e licença, todos os juízes não tinham ainda notebooks próprios? (Migalhas quentes - 18/8/2006 - 'TJ/SP distribui notebook a todos os juízes do Estado' - clique aqui)."

Vagner Panagassi - Advogado - 21/8/2006

"Senhores, a propósito da nota TJ/SP distribui notebook a todos os juízes do Estado (Migalhas quentes - 18/8/2006 - 'TJ/SP distribui notebook a todos os juízes do Estado' - clique aqui), de autoria do migalheiro Carlos Alberto Barbosa Matos, gostaria de fazer apenas um reparo: hoje em dia quase todos trabalham fora do expediente, sejam executivos de micro, pequena, média ou grande empresa ou até muitos que não são executivos, eis que a insegurança no mercado de trabalho é enorme e muitos se 'mimetizam'  em pessoa jurídica para prover seu sustento e da família. É só dar um passeio pelos aeroportos e ver a quantidade de usuários de notebooks, PDAs e assemelhados nas áreas de embarque. Se os juízes de SP copiarem a prática, vai ser uma mudança sem precedentes na Justiça Estadual. Atenciosamente"

Ednardo Souza Melo - 22/8/2006

"Notebooks infelizmente, caro migalheiro Ednardo, acho pouco provável que isso aconteça. (Migalhas quentes - 18/8/2006 - 'TJ/SP distribui notebook a todos os juízes do Estado' - clique aqui). A iniciativa privada é dominada pela concorrência entre profissionais de excelente qualidade, já que precisam se atualizar o tempo todo para serem competitivos no mercado. Pergunto: porque isso aconteceria no Judiciário??"

Emilia Campos - 23/8/2006

"Aguardamos, portanto, a entrega de notebooks pela OAB/SP, a todos os advogados do Estado de São Paulo. Isso sim é que seria surpreendente. (Migalhas quentes - 18/8/2006 - 'TJ/SP distribui notebook a todos os juízes do Estado' - clique aqui)."

Washington Valle Khol - 24/8/2006

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram