quinta-feira, 22 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Gramatigalhas

de 4/10/2020 a 10/10/2020

"Olá amigos do Gramatigalhas! Gostaria de saber se os nomes de decisões judiciais (r. sentença, r. despacho...), nome de recursos, nome das partes (autor e réu, v.g.) ou outros nomes que não são próprios ( o juiz, o juízo, a comarca, o foro) - quando usados no corpo da petição com indicação de algo determinado - podem ou não ser iniciados com letra maiúscula."

Victor Vinicius Barbosa de Oliveira - 6/10/2020

"Vejo que não há muitos modelos de petições com endereçamento 'Ao juízo... ' mas sim o velho e tradicional 'Excelentíssimo... '. Pelo NCPC não seria AO JUÍZO... ? Posso continuar usando assim?"

Jacelaine de Lollo Peres - 6/10/2020

"Eram-lhe entregues está correto? Alice seguia firme em seu trajeto, evitava pisar nas linhas que separavam lajotas e calçadas, e empreendia um esforço cada vez maior para não desmoronar bem no meio da rua, entre aquela burlesca combinação de guarda-chuvas esbarrando-se e os panfletos que lhe eram entregues a cada passo."

Debora Dauer - 6/10/2020

"Ilustre dr. José Maria da Costa, virou costume o uso das expressões 'fulano foi diagnosticado com covid-19', 'Beltrano foi diagnosticado com câncer', etc. Eis a minha dúvida: considerando que a doença é submetida ao diagnóstico (identificação), resulta que o paciente não poderia ser diagnosticado, pois ele ouve ou recebe o diagnóstico. Estou certo? Estou errado? Submeto a dúvida ao elevado diagnóstico de V.Exa."

Carlos Antônio de Oliveira - 7/10/2020

"Acabei de ler a explicação de vocês sobre o porquê devemos grafar a soja ao invés de o soja. Entretanto, tenho outra dúvida. Sempre ouvi que a soja refere-se à planta. E o soja, ao grão. Por isso, quando nos referimos ao grão (comódite), devemos grafar o soja. Quando nos referimos à planta, substantivo feminino, grafamos a soja. Desde já, agradeço a atenção de vocês."

Fabiano Vieira Monteiro - 8/10/2020

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram