quinta-feira, 22 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Conexão Migalhas

de 31/12/2006 a 6/1/2007

"Lírica do Direito, Antologia de Versos Jurídicos (Migalhas 1.565 – 28/12/06 – "Florilégio jurídico" – clique aqui)

Parabéns Migalhas. Ano Novo com pé direito.

Lírica do Direito,

Migalhas em verso.

Cada um, um universo

de emoção e sentimento;

dou rédeas ao pensamento

visitando esses denodos,

pedaços da vida - deles todos -,

juízes, réus, justiça, pretórios,

lides, advogados, cartórios,

registro de imortais rapsodos!"

Mano Meira – Carazinho/RS - 3/1/2007

"Lírica do Direito?

De retinas empapuçadas,

c'as visões do Marajó,

trilhando por outras calçadas,

ressaca de carimbó.

Volto e visito Migalhas,

vejo que nada mudou,

companheiros de batalhas,

renderam quem se ausentou.

Com licença das lides jurídicas,

voltei-me pra natureza,

procurar outras futricas,

rodeado de princesas.

Se os que ficaram acharam,

lirismo no Direito,

é por que não procuraram,

encontrar os seus defeito.

O lirismo verdadeiro?

Se é que ele existe,

vem de algo que ouvi:

'adeus, ... Marajó,

adeus, ... esteinha do mai,

adeus, ... aieinha da paia,

adeus, ... paia,

adeus, ... spuminha da paia,

adeus, ... casteinho na aeia,

adeus, ... pexinho do mai,

adeus, ... cavainho da paia,

adeus, ... adeus, ... adeus.

Estava certo Calamandrei,

... a poesia vence o Direito."

Cleanto Farina Weidlich – migalheiro, Carazinho/RS - 4/1/2007

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram