segunda-feira, 19 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Falecimento Ricardo Carrara Neto

de 7/1/2007 a 13/1/2007

"Tive a honra de pertencer à Comissão de Direitos Humanos quando era presidida pelo Carrara (Migalhas 1.570 – 9/1/07 – "Falecimento"). Homem sensível, que suportava, tanto quanto todos nós da Comissão, as caçoadas dos membros das outras Comissões. Nós éramos os 'poetas', os 'sonhadores', pois eles pertenciam a outro mundo, o dos civilistas, para quem os juros e Comissões são coisas mais importantes do que denunciar o que ocorre nos presídios. Certa ocasião, houve um fato incrível com ele: numa discussão de trânsito, o outro motorista, que trazia algo na mão, dá uma espetada na barriga do Ricardo, retirando-se em seguida. O atingido vai para casa normalmente e vê na camisa  uma mancha de sangue. Havia levado uma estocada, cuja profundidade ele não poderia precisar. Foi necessária uma laparotomia para que o pai do Carrara se acalmasse, ante a possibilidade de haver algum órgão interno atingido. O que é a vida!"

Adauto Suannes - 9/1/2007

"Com que pesar soube do falecimento do colega Carrara (Migalhas 1.570 – 9/1/07 – "Falecimento"). Que perda! Creio que todos nós, daquela turma do C.A. XI de Agosto, da gestão do 'Jaú' (principalmente) e dos demais colegas, estamos desolados. Era um verdadeiro colega, um 'canalha' que honrava as tradições. 'Quando se sente bater, no peito heróica pancada, deixa-se a folha dobrada, enquanto se vai morrer'. Um amigo que se foi... E deixou uma grande saudade."

Douglas José Motta Camargo - ("Mato Grosso") - 11/1/2007

"Antes de ter colaborado com a sociedade na Comissão de Direitos Humanos da OAB, o Dr. Ricardo Carrara Neto marcou presença na turma 1977 (Sesquicentenário) da FADUSP (Migalhas 1.570 – 9/1/07 – "Falecimento"), e a missa pelo seu falecimento dar-se-á na Capela do Colégio N. Sra. do Sion, às 19h da próxima segunda-feira (15/1)."

Mauricio A. Varnieri Ribeiro – advogado em SP - 11/1/2007

"Ricardo Carrara Neto, Ricardo, incrível, você já se foi. Do Conselho da OAB, que participamos, você foi o destaque na férrea defesa dos Direitos Humanos. E, quanto tempo passado, ainda, em mágoa a absolvição do governador e do secretário de segurança no caso Carandiru, pelo Plenário. Mas, Ricardo, você foi longe e, de repente, ficou tão perto. Veio ao prédio onde tinha escritório, na Libero Badaró, e por anos, ou por aqueles, ficou, ao meu lado, porta a porta. Agora, partindo, só me resta guardar a sua lembrança - homem bom, amigo, dedicado à sociedade e à esposa -, rezaremos pela sua alma em missa que o seu companheiro de Conselho da OAB, Aloisio Medeiros, mandou celebrar, no dia 15, às 19h, na Igreja de Nossa Senhora do Sion (Migalhas 1.572 – 11/1/07 – "Missa de 7º dia"). E, sem coincidência, este templo tem relevante história para nós todos, os crentes do movimento Ecumênico do SIN."

Jayme Vita Roso – escritório Jayme Vita Roso Advogados e Consultores Jurídicos - 12/1/2007

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram