Gramatigalhas

1/2/2007
Olavo Príncipe Credidio – advogado, OAB 56.299/SP

"Sr. Diretor. Li atentamente as considerações sobre imbróglio, italiano ou brasileiro (Migalhas 1.586 – 31/1/07 – "Gramatigalhas" – clique aqui). O importante é que se indo ao Dicionário Italiano etimológico Online pode-se ler: Imbroglio. Si entende de negogio che non ha troppo del buono e dell'onesti. Se formos ao Dicionário Português Latino de Francisco Torrinha encontraremos: Imbróglio. m. ital. confusão, trapalhada. Bem, o que se entende é que nesses aumentos inexplicáveis, para o Judiciário houve tudo isso, aliado à tráfego e até tráfico de influência, o mesmo que se está usando agora para aumentar os parlamentares. Eis porque achamos que tudo deve voltar como d'antes, não no Quartel de Abranches; mas aqui no Brasil, com uma novíssima Constituição que reponha em seu lugar a vergonha que, pelo visto, perderam ao confeccionar uma Constituição que só visou dar direitos a uns poucos, e sonegar dos demais brasileiros, que não têm Justiça, Educação, Saúde. Pronuncie-se como se pronunciar: ou imbróglio, ou embróglio, suprimindo ou não o 'g' ela quer dizer isso mesmo: pouca vergonha, ou nenhuma. Atenciosamente,"

Envie sua Migalha