Caso Renascer

5/2/2007
Sílvio Alonso

"Diante de minhas observações a respeito dos desmandos dos irresponsáveis pela Igreja Renascer, algumas pessoas entenderam de partir para demonstração de sua irracionalidade, atacando o autor, não a observação (Migalhas dos leitores – "Caso Renascer" – clique aqui). Sugiro-lhes que leiam a reportagem de capa da revista Veja desta semana, na qual se faz uma clara distinção entre conceitos distintos: 'Deus', 'fé' e 'religião'. Há cientistas ateus que têm fé, como há pessoas que acreditam na existência de Deus e não professam religião alguma. Já os politeístas têm religião. E o Deus dos cristãos é muito diferente do Deus dos budistas. A mesma reportagem toca num ponto nevrálgico: muitas manifestações aparentemente religiosas, como as persignações de jogadores de futebol quando marcam ou quando perdem gols, estão mais para superstição do que para religião. Qual a diferença?"

Envie sua Migalha