Ronaldo Esper

15/2/2007
Alexandre de Macedo Marques

"Caro Dr. Wilson. Touché. O assunto, além de não valer uma missa (pelos defuntos), talvez, também, não valha um sorriso. Valeu por que exercitamos - pelo seu lado fino e competentemente - a arte do contraditório. Afinal nossa razão de ser e exercer, não é verdade ? Meus respeitos pelas "agudas" migalhas com que nos presenteia."

Envie sua Migalha