quarta-feira, 21 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Gramatigalhas

de 8/4/2007 a 14/4/2007

"A dúvida diz respeito ao uso correto na escrita de datas. O mais usual é usar o formato DD/MM/AAAA, isto é, os dígitos separados por barras. A OAB/SP, nos seus exames, exige o uso do formato DD-MM-AAAA (separação por hífen). Por seu turno, as normas internacionais ISO, só a título de exemplo, indicam também o uso do hífen como separador. Afinal, existe regra para a escrita de datas na língua portuguesa usada no Brasil?"

Danilo dos Santos Menezes - 9/4/2007

"Gostaria de saber do Dr. José Maria da Costa se esta explicação que ele deu para o uso de 'precisar fazer ou precisar de fazer?' também se aplica para o verbo 'visar'. Se não, qual seria o correto: 'viso a explicar' ou 'viso explicar'; 'viso a dar' ou 'viso dar', 'visar fazer' ou 'visar a fazer'?"

Carla Ramos – STF - Supremo Tribunal Federal

Nota da redação – o informativo Migalhas 1.346, de 1/2/06, trouxe o verbete "Visar" na seção Gramatigalhas. Clique aqui para conferir.

Carla Ramos – STF - Supremo Tribunal Federal - 11/4/2007

"Dúvidas: Como se É 'entre eu e você', 'entre mim e você' ou 'entre mim e ti'. Qual a forma correta?"

Roberto Pereira Grillo - 11/4/2007

"Caros Amigos, Gostaria de saber se está correto afirmar - como tenho visto na mídia - que um magistrado acatou o pleito da parte autora ou, como entendo correto, a expressão correta deveria ser 'o juiz deferiu, concedeu o pleito', nunca, acatou!"

Andre Fernando Pereira Chagas - 11/4/2007

"O senador Suplicy diz sempre 'eu avalio que'. A construção está correta?"

Maurício Mendes Campos - Belo Horizonte/MG - 12/4/2007

"Boa tarde, primeiramente gostaria de dizer o quanto admiro a página Migalhas, bem como esta breve solução para os nossos problemas gramaticais que é o Gramatigalhas. Enfim, vamos a minha questão, em aproximadamente seis anos que convivo com advogados, juízes, promotores, e todos os tipos de operadores do Direito percebi que quando alguém vai citar um inciso, normalmente ocorre uma dúvida no tocante ao uso correto do numeral que o acompanha, portanto, a minha dúvida é qual a forma correta de citar: inciso um, ou inciso primeiro. Grato pela atenção e reitero meus parabéns."

Siguimar Emilio Pastori Filho

Nota da redação – o informativo Migalhas 1.155, de 27/4/05, trouxe o verbete "Numeral" na seção Gramatigalhas. Clique aqui para conferir.

Siguimar Emilio Pastori Filho - 12/4/2007

"Edilidade, segundo o Aurélio, é sinônimo de 'cargo de edil; vereação'. Contudo, algumas decisões no âmbito do judiciário têm tratado a palavra município como sinônimo de edilidade. Então, é incorreto esse tratamento usado por alguns juízes?"

George Escolástico Bezerra Júnior - Tribunal Regional do Trabalho, 21ª Região, Natal/RN - 12/4/2007

"Necessário se faz a utilização do vernáculo com propriedade e de forma correta, ainda mais no exercício da advocacia. Qual é o correto: 'estar ao par' ou 'estar a par'. Antecipadamente grata. No aguardo da resposta em breve."

Jane Eire Sampaio Caffeu

Nota da redação – o informativo Migalhas 955, de 30/6/04, trouxe o verbete "A par de" na seção Gramatigalhas. Clique aqui para conferir.

Jane Eire Sampaio Caffeu - 12/4/2007

"A dúvida surge quando o assunto é a colocação da vírgula, embora tenha debruçado bastante neste assunto, sempre surge dúvida, gostaria de um detalhe mais amplo e claro, quanto à colocação correta da vírgula."

Neusa Maria Arize Passos - 12/4/2007

"Caro Professor. Em um livro de prática forense o autor assim escreve: 'Quando decidimos escrever este livro de prática, deparamos com uma dificuldade:....'. Minha dúvida é se a frase correta não seria: Quando decidimos escrever este livro de prática, nos deparamos com uma dificuldade: ....? Ouço e leio muita coisa do tipo: Eu formei em Direito da PUC, ou Como você chama? (Referindo-se ao nome do interlocutor). Eis, no momento, minha dúvida, que gostaria que o nobre professor dissipe. Atenciosamente."

Antonio Fernando Medeiros de Oliveira - 12/4/2007

"Boa tarde. Na redação de petições, é incorreto o uso de sujeito indeterminado com o verbo conjugado na terceira pessoa do singular, usando, por exemplo, as expressões 'salienta-se' e 'esclarece-se'? Obrigada!"

Bruna Jachemet - 12/4/2007

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram