terça-feira, 20 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Crises no governo

de 21/3/2004 a 27/3/2004

"Há tempos acompanho o desabafo de alguns amigos (para não dizer companheiros) migalheiros, grandes nomes na advocacia do País, nos rompantes de fúria, revoltados pela posição, postura ou medidas adotadas pelo governo, se manifestando, na mesma terminologia utilizada nos colóquios comuns para os participantes da lide ou a grande maioria dos leitores e colaboradores do Migalhas. Confesso que fico um pouco triste, mas por uma razão bem simples. Pelo simples fato de não se lembrarem que esses manifestos seriam de grande valia, se chegassem a ser entendidos pela cúpula que os merece. Amigos, se me permitem, terão que piorar o seu português, se quiserem ser entendidos."

Osterno Antonio de Souza - 26/3/2004

"Tal como na fábula, tudo que nosso governo faz tende a ser criticado. Onde estávamos quando nosso país endividou-se em quase um trilhão de reais? Será que estamos mesmos dispostos a um 'cavalo-de-pau' na economia, com a moratória e o conseqüente fechamento a financiamentos do exterior, inclusive para operações comerciais? Deve o nosso Presidente viajar numa aeronave fabricada em 1958, de alto consumo, e que tem restrições de operação na maior parte dos aeroportos do mundo pelo ruído excessivo ou demagogicamente é melhor pagar aluguel de uma aeronave mais nova que nunca será incorporada ao patrimônio do país?"

Guilherme Zagallo - 26/3/2004

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram