terça-feira, 20 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Governo Lula

de 23/5/2004 a 29/5/2004

"O fluxo de críticas acerbas ao Governo se intensifica sempre no ano eleitoral. Dois escândalos bombásticos vieram à tona envolvendo a administração Lula, por via oblíqua. Primeiro, o caso Valdomiro Diniz, que foi apanhado pedindo propina; agora, a utilização de verbas do tesouro, pela ONG Agora, permeada de notas frias. Em ambos os casos as pessoas diretamente envolvidas estão ligadas ao ministro chefe da Casa Civil José Dirceu, destacado auxiliar do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Felizmente, a liberdade de imprensa vem possibilitando aos seus órgãos mais acreditados revelarem a corrupção, rendendo ensejo a que os cidadãos brasileiros avaliem melhor as lideranças políticas e promovam, mediante o voto, somente as pessoas cujo caráter não se apresente inquinado. O caso Valdomiro Diniz, ao menos na esfera política, resultou abafado. Não se conseguiu quorum para a instauração da CPI. Agora, com o governo Lula menos prestigiado, talvez vingue uma CPI. Não me move qualquer interesse na desmoralização do Governo, com a eventual queda de ministro ou mesmo do presidente; quero apenas que se apure a responsabilidade de quem, efetivamente, gerou o escândalo. Afinal, não se deve permanecer de braços cruzados, como se coniventes, ante tantos prejuízos causados aos brasileiros."

Adauto Quirino Silva, advogado - 24/5/2004

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram