segunda-feira, 19 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Negócios da China

de 30/5/2004 a 5/6/2004

"Tudo bem que o Presidente Lula pode beber, ainda que com moderação, porque não dirige nada mesmo..., mas daí a afirmar que a viagem à China foi "exitosa" é um pouco demais. Com certeza, deve ter havido momentos de hesitação, como por exemplo quando anunciado inconstitucional e indevidamente acordo de participação conjunta na exploração e comercialização de urânio. Esse marketing de anúncios bombásticos e inatingíveis acaba por comprometer mais e mais a imagem do governo. Por que será que nenhum corajoso "aspone" (será que existe algum?) não chega para o Presidente e diz: "magnífico, do jeito que vai e como continuamos a prometer e prometer nunca iremos ter reconhecimento algum dos nossos resultados, ainda que pífios!"

Alexandre Thiollier, escritório Thiollier Advogados - 1/6/2004

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram