Governo Lula

14/12/2007
Olavo Príncipe Credidio – advogado, OAB 56.299/SP

"Cada dia entendo menos a dita palavra democracia. Bem que ela advém dos gregos e lá nunca houve democracia nenhuma, mas sim oligarquia. É um engodo! Os deputados reunem-se e mais de 300 (maioria absoluta) optam por dar continuidade ao Imposto do cheque. Reunem-se por duas vezes. Os Senadores reunem-se 89, no total, e apesar da maioria 45 votar a favor, por 29 (parece-me) dispõem que não, só duma vez. Por que não a segunda reunião, na pior das hipóteses ? Afinal, os senadores são maiores, têm mais força política, no voto, que os deputados ? Quem inventou isso ? Uns são eleitos por maioria, outros por minoria, os senadores. Não se trata de estar ou não a favor do Imposto, trata-se da lógica. Não está na hora de corrigir isso, extinguindo o Senado, de vez ? A par disso, chamo a atenção do Ministro Marco Aurélio: e a fidelidade partidária ? Se o Partido uniu-se ao Presidente, como pôde votar contra, principalmente os da própria situação ? Não seria caso de cassar os que votaram contra ? Bem! Tudo está de cabeça pra baixo mesmo."

Envie sua Migalha