quarta-feira, 21 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Poesia – crítica

de 13/1/2008 a 19/1/2008

"Senhores, Que bom que todos tenhamos senso de humor, mas achincalhar os advogados cariocas, gratuitamente, com versinhos de Otávio Rangel de 1959 (Migalhas 1.820 – 17/1/08), além de desnecessário, mostra claramente o ranço provinciano da Redação de Migalhas, para dizer o menos. Atenciosamente,"

Paulo Cezar da Costa Mattos Ribeiro - OAB/RJ 19.679 - 18/1/2008

"Não gostei da publicação dos versos do Otávio Rangel (Migalhas 1.820 – 17/1/08)... embora tenhamos mesmo muitos colegas que não dignificam a profissão, o que encontramos em qualquer outra profissão também... mas, posso garantir que somos a maioria de pessoas honestas e respeitadoras de todas as éticas possíveis... só vemos por aí pessoas e a mídia denegrindo os advogados. Nunca vi o Srs. publicarem algum verso elogiando ou enobrecendo a classe dos advogados... afinal os Srs. estão nos desprestigiando em Público... cuidado... a faca pode ter dois gumes... é dos advogados que vocês vivem... nós advogados estamos necessitando se unir e mostrar o nosso lado bom nem que seja na dura..."

José Claudio Siqueira - OAB/PR 14.415 - 18/1/2008

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram