sexta-feira, 23 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

História

de 27/1/2008 a 2/2/2008

"Sr. Diretor. Leio na Internet: 'Goulart foi morto a pedido do Brasil, diz ex-agente uruguaio'. É preciso apurar essa vergonha. Isso envergonha e desclassifica o exército nacional, que alguns falam de glorioso; e outros dizem até de ter saudade. Fleury todos sabiam e provavelmente seria indiciado como torturador e criminoso, se estivesse vivo, e se houvéssemos por bem cassar a anistia, que eles mesmos inventaram para se protegerem. Igual ao que fizeram os criminosos Pinochet, Vidella e outros do Chile e Argentina. Mas lá não adiantou! Agora, o General Geisel, que inclusive começou a abertura acusá-lo é realmente estranho. Eu coloco a frase: In dubio pro reo, protegendo-o. De qualquer forma, eis porque não podemos apoiar essas intentonas e os saudosistas devem se conter; ou serem processados. É melhor até omitir essa página horrorosa de nossa História. Atenciosamente"

Olavo Príncipe Credidio – advogado, OAB 56.299/SP - 28/1/2008

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram