MP investigando

23/6/2004
Ana Paula Capanema - servidora pública estadual

"É consternador constatar que muitos segmentos, mormente aqueles ligados à política, ainda suscitam a legitimidade e importância da atuação do MP nas questões investigatórias. Seria rechaçar, retroceder, tornar mais obsoleta a máquina judiciária. A Constituição de 1988 conferiu tamanha importância ao MP para sua atuação junto ao judiciário. Mais desanimador ainda é observar que há interferência daqueles que se viram prejudicados pela atuação do MP em investigações que culminaram com a denúncia. É lamentável perceber que um dos órgãos mais sérios e impolutos, cuja atuação vem privilegiando o Estado Democrático de Direto, está prestes a perder sua força investigatória."

Envie sua Migalha