segunda-feira, 26 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Migalheiros

de 22/6/2008 a 28/6/2008

"Universo Paralelo

No palco da existência

Bilhões de combinações

Infinitas proporções

Da matéria a essência

O Universo unificado

Longe da imaginação

Entrar numa prisão

Por tempo determinado

Matéria não adaptada

A um tempo a correr

Na dependência sofrer

Corpo, a vida deixada.

É uma ida, uma volta.

É o estar é o ser

É o Poder é o ter

É uma reviravolta?

Entrar numa dimensão

Do tudo - do nada nasce

É apenas um disfarce

Do nada a terra o chão

É uma magia encantadora

Toda carne é morredoura

Sem ela, a imortal.

Alma sonhadora

Na vida a vagar.

Uma compreensão

Uma explicação

Ninguém quer falar

Quem pode entender esta seta

Que a história inquieta

Teima em voltar"

Luiz Domingos de Luna - 23/6/2008

"Quem nunca ouviu falar que 'o futuro do Brasil está nas mãos dos jovens'? Destarte, se o futuro do Brasil passa pelas mãos dos jovens e considerando que eu e os da minha geração já fomos jovens, então, fica a indagação: será que eu e os da minha geração fizemos o suficiente, ou o que deveríamos ter feito, para que 'o futuro do Brasil' fosse diferente do que é, sem corrupção, sem violência, sem miséria e sem pobreza? Pelo que se vê, a resposta é negativa. Ademais, quem de nós, já maduros, nunca reproduziu aquela expressão, que há muito transita de pai para filho? Destarte, cabe outra indagação: será que os jovens da atual geração estão fazendo o suficiente, ou o que devem fazer, para que 'o futuro do Brasil' seja diferente daquele que a eles foi legado? Com a palavra migalheiros de todas as idades."

Romeu A. L. Prisco - 23/6/2008

"Frase escrita (por jovens, é lícito inferir) numa parede de Brasília ainda na década de 80: 'A geração que nos critica é a geração que nos criou'."

Nelson Castelo Branco Eulálio Filho - 24/6/2008

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram