domingo, 25 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Polícia

de 6/7/2008 a 12/7/2008

"A PM do Rio continua superando-se em estupidez e selvajaria. Está merecendo uma leizinha 'baitolá' xiita, do tipo que multa estupidamente, e criminaliza, alcoolemia superior a 0,6 decigramas. Considerando que os PM's demonstram total inaptidão e irresponsabilidade no uso das armas, todo o policial encontrado portando uma arma será preso, conduzido à delegacia, autuado e processado. Se der um tiro, além dos procedimentos anteriores, terá penas triplicadas e expulso. Ouvido a respeito da última insensatez cometida pela honorável corporação, o sr. Secretário da Segurança do Estado do Rio culpou o treinamento dos PM's, informando que será criada uma Universidade para tentar educá-los. Não falou do sistema de cotas na nova universidade. Agora, eu, em nome da isonomia exijo a criação de uma Universidade para ser freqüentada pelos motoristas que querem ter o direito de beber moderadamente sem correr o risco de serem tachados de bêbados, expoliados por multas escorchantes, presos e processados como reles malfeitores. Se não for bem sucedido vou esperar o próximo 'Arraiá de S. João', na Granja do Torto, para apresentar o meu pleito ao Imperador Lula da Silva. Acho esse um dos melhores momentos. Melhor ainda que os palanques no Nordeste, pós-buchada, quando S. Excelência costuma estar com toda a verbe e na sua melhor forma."

Alexandre de Macedo Marques - 8/7/2008

"Ainda sobre os raciocínios tortos e razões viciosas de causa e efeito que sustentam a nova Lei Lula. Debrucei-me sobre as últimas lambanças da PM no Rio de Janeiro, matando a tiros, a torto e direito, pessoas comuns e inocentes. Em todos os casos 'protagonizam PMs que estavam a bordo do que a gíria policia chama de 'viatura'. Raciocinemos como o Tarso Genro, como outros 'xiitas' 'politicamente corretos' e desavindos com a humanidade em geral. Por essa linha de lógica torna-se evidente que viaturas e armas de fogo e policiais a bordo de viaturas representam perigo absoluto e fatal para a vida e a incolumidade pública. Logo policial a bordo de viatura deveria ser proibido de portar arma. Só andando a pé. Desculpem-me os migalheiros de bom senso que se posicionam contra a violência calhorda de um governo calhorda. Mas para tal despautério de exageros que é a lei, só usando a mesma linha de raciocínio."

Alexandre de Macedo Marques - 8/7/2008

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram