quarta-feira, 21 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Governo

de 15/8/2004 a 21/8/2004

"Como toda manhã, abro meu jornal e naturalmente reparo nas notícias da primeira folha. Hoje não foi diferente, mas perplexo com a seguinte manchete: "Governo diz que Judiciário é lento e que juiz ganha demais". Trata-se de um dossiê "encomendado" pelo Sr. Lula para inequivocamente jogar a opinião pública contra o Judiciário. Afinal, aqueles (com isenção) que conhecem o sistema judiciário nacional não sabem dos reais motivos da justiça ser morosa? Há alguma novidade nisso? A única coisa que se faz é promover críticas sem nenhuma solução. O pior: a "reforma do judiciário" é diagnosticada por todos como insuficiente para remover ou pelo menos diminuir as mazelas. O citado dossiê talvez seja o começo do fim, porque como se sabe um dos objetivos do Programa do PT é inserir o modelo judiciário de Cuba no Brasil, não bastassem outros modelos do companheiro Castro. Às vezes me pergunto se o melhor lugar desse país não é o aeroporto... Que Deus nos abençoe."

Fábio Henrique Podestá - 18/8/2004

"Não deu outra. Em 1997 o FH liberou a privatização da Petrobrás, em seguida liberou a Vale do Rio Doce. Eu escrevi ao Estadão dizendo que havia ali um gesto de lesa-Pátria. Outros escreveram, mas nada adiantou. Não sei que Partido; mas parece-me que foi o PT, ingressou com argüição de inconstitucionalidade.O Ministro Nelson Jobim avocou para vista o processo, levou-o para casa e, ao que eu saiba, até este momento não o devolveu, apesar de que  houve uma deliberação da Presidência do STF que qualquer processo levado pra vista deveria ser devolvido em 10 dias. Eu reclamei junto a OAB. Não tive resposta. A gora o Ministro Jobim cassou a liminar do Governo do Paraná, dando oportunidade a que todos explorem o petróleo. E o PT? E a estatização patriótica do Getúlio procurando proteger-nos dos trustes? E os militares da Nação, que sempre se opuseram à privatização de nossos recursos minerais? Será que morreram todos? E os parlamentares que também se opunham? Eu olho com grande preocupação o futuro deste País."

Olavo Príncipe Credidio – Advogado OAB n° 56.299/SP - 18/8/2004

"Quanto aos arroubos pouco democráticos de nosso Presidente, surpreendi-me elucubrando com meus próprios botões: "o Haiti é aqui?"

Paulo Boccato - Bauru/SP - 19/8/2004

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram