terça-feira, 20 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Chover canivetes

de 27/7/2008 a 2/8/2008

"Isso é fácil. Às vezes chovem canivetes. E, até, cobras e lagartos. A passagem do furacão Isabel, nos EUA, que trouxe muita chuva para a costa leste dos EUA, mostrou que 'choveu sapos'. Não propriamente sapos, mas ovos de sapos, levados pelos ventos do furacão. Sapos, de verdade, choveram na horta de Jader Barbalho ou, melhor dizendo, de sua mulher, que levou R$ 9,6 milhões da Sudam para um ranário que não tinha nenhuma rã, assim como os frangos do deputado Romero Jucá, quase 4 milhões, para a Frangonorte, sem frango algum. Aliás, como dizem alguns, quando pobre come frango, é porque alguém está doente, ou o pobre, ou o frango. No caso, ninguém vai ficar doente, já que não há nenhum frango. Mas, de qualquer forma, sejam canivetes, rãs ou frangos, a verdade é que continua a chover nas hortas dos políticos do país."

Wilson Silveira - CRUZEIRO/NEWMARC PROPRIEDADE INTELECTUAL - 31/7/2008

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram