quinta-feira, 22 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Liebman

de 29/8/2004 a 4/9/2004

"Era o só o que faltava. Pirataria de livros jurídicos raros (Migalhas 998 - 30/8/04 - Publicação não autorizada). Parabéns à decisão judicial de lavra do MM. Juiz de Direito da 8ª vara de Campinas. Ao que parece, a editora em questão também está sofrendo medida judicial em relação a livros dos ilustres e saudosos Pontes de Miranda e Waldemar Ferreira. Espero que os livros jurídicos raros não façam parte da triste estatística que envolve a pirataria neste País, que corre solta sem qualquer medida governamental de peso."

Nilson Theodoro - advogado - 31/8/2004

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram