Só para cinéfilos

4/11/2008
Wilson Silveira - CRUZEIRO/NEWMARC PROPRIEDADE INTELECTUAL

"Eu não achei a famosa frase no filme, embora também o tenha assistido várias vezes. Por isso, candidato-me a receber as informações do Mestre Prisco. E como se vê, ninguém acredita.

No site onde estão as 100 frases mais famosas do cinema, 'Frankly, my dear, I don’t give a damn' do filme 'E Tudo o Vento Levou', de 1939, ocupa o primeiro lugar, seguida de 'I’m going to make him an offer he can’t refuse' (pessoalmente é a minha favorita) do filme 'O Padrinho'. Mas há uma, igualmente famosa, que não é possível encontrar: 'Play it again, Sam'… No entanto seis das frases que lá estão pertencem a 'Casablanca', mas não 'Play it again, Sam'. É sem dúvida uma das frases mais conhecidas do mundo do cinema e atribuída, como seria de esperar, ao filme 'Casablanca'…O problema é que nunca foi pronunciada durante o filme. É atribuída a Ilsa (Ingrid Bergman) quando ela pede ao pianista Sam (Dooley Wilson) para tocar a música que para ela representa o romance vivido com Rick (Humphrey Bogart) em Paris; o que Ilsa de facto diz é 'Play it, Sam. Play 'As Time Goes By'.' Quando Rick faz o mesmo pedido a Sam diz, de uma forma pouco simpática diga-se, 'You played it for her, you can play it for me.' No entanto, a maior parte das pessoas, e podem ter visto o filme várias vezes, irá garantir que Ilsa ou Rick disseram 'Play it again, Sam'… A frase viria a ser pronunciada, mais tarde, no filme 'Uma Noite em Casablanca' dos irmãos Marx em 1946. É também o nome de um filme de Woody Allen, de 1972, onde Allen após o divórcio, tanta voltar à vida social ajudado pelo fantasma de Humphrey Bogart…É um outro filme a ver… Mas Sam tocou, para Ilsa e Rick, 'As Time Goes By', e como deve ser; a preto e branco…

- 'Play it again, Sam'

Nem Rick Blaine (Humphrey Bogart), nem Ilsa Lund (Ingrid Bergman). O diálogo mais famoso de Casablanca, clássico dirigido por Michael Curtiz em 1942, não é falado no filme. Ao solicitar ao pianista Sam (Dooley Wilson) para que toque a música que marcou seu romance com Rick, Ilsa na realidade diz:

- Play it, Sam. Play 'As Time Goes By'.

O personagem de Bogart foi bem mais ríspido ao fazer o mesmo pedido a Sam:

- You played it for her, you can play it for me!

A fala 'Play it again, Sam' na verdade foi pronunciada pela primeira vez em Uma Noite em Casablanca, filme estrelado pelos irmãos Marx em 1946. E no entanto, nove entre dez cinéfilos não pestanejariam em jurar que ouviram tal diálogo da boca de Bogart ou Bergman. Coisas da magia do cinema, que fazem, por exemplo, com que a gente veja Rick e o Capitão Renault (Claude Rains) falarem sobre o começo de uma bela amizade na cena final do filme sem que fiquemos incomodados com o fato de uma cidade localizada no meio do deserto, como Casablanca, subitamente ser encoberta por uma misteriosa neblina. Em tempo: Play it again, Sam é o título original de Sonhos de um Sedutor, comédia dirigida por Herbert Ross em 1972 e estrelada por Woody Allen. No filme, Allen interpreta um crítico de cinema que, abandonado pela mulher, busca conselhos amorosos com ninguém menos que o espírito de Humphrey Bogart, encarnado na pele de seu personagem em Casablanca. E, para provar, os dois trechos, em que nas duas vezes pedem a Sam que toque 'As times goes by', mas nunca dizendo 'Play it again, Sam'.

(Clique aqui)

(Clique aqui)

Com a palavra, pois, o Migalheiro Prisco."

Envie sua Migalha