Artigo - Magistrado, guarde este nome!

5/11/2008
Luiz Fernando Augusto

"Tristes tempos estes em que vivemos, em especial nós os mineiros. Foram-se os tempos de desassombrada coragem de um udenista da conhecida 'banda de música' para proteger um parlamentar sabidamente de esquerda. Foram-se os tempos em que o mesmo Adaucto Lúcio Cardoso teria proferido a célebre frase 'japona não é toga', para repelir injunções militares ao exercício da suprema judicatura (Migalhas 2.020 - 5/11/08 - "TJ/MG" - clique aqui). Agora 'celebra-se' a coragem na intrépida defesa do vil metal, talvez justo, talvez devido, mas mero metal que nada diz (ou diz demais) da alma dos Homens. É pena."

Envie sua Migalha