quarta-feira, 21 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Artigo - "A quinta categoria da advocacia trabalhista"

de 11/1/2009 a 17/1/2009

"Dr. Mário Gonçalves Junior, endosso as suas palavras, apenas estendendo o título e conteúdo para as demais áreas do Direito cujos profissionais sofrem lamentavalmete com os honorários irrisórios do 'aracadão de advocacia' desprestigiando os profissinais e a classe (Migalhas 2.064 - 16/1/09 - "A quinta categoria da advocacia trabalhista" - clique aqui)."

Sonia Castro Valsechi - 16/1/2009

"Com o monstruoso volume de reclamações trabalhistas ajuizadas a cada dia (coisa só do Brasil), é racional que os agentes econômicos busquem reduzir os custos de transação dos contratos de trabalho (Migalhas 2.064 - 16/1/09 - "A quinta categoria da advocacia trabalhista" - clique aqui). Como com a CLT e a ideologia jurídico(?)-trabalhista brasileira são intocáveis, a tesoura pegou os advogados. Por sua vez, devem ser gratos: em nenhum outro país há um mercado de advocacia trabalhista tão amplo. Se um dia o Brasil seguir o resto do mundo civilizado, vão ter que buscar outra especialidade; ou ofício."

João Guilherme Duda - 16/1/2009

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram