sexta-feira, 23 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

EUA

de 18/1/2009 a 24/1/2009

"Barack Ograna. Este é o homem. Seu principal objetivo, longe de ser o pop star que a turba mundial criou, é o de arrecadar muito dinheiro para salvar seu país, nem que para isto, tenha que impor às outras nações, ferozes regras econômicas. Intelecto para isto ele tem. Quem viver verá que no leão ferido - ou falido - prevalecerá mais do que qualquer coisa o nacionalismo americano. Primeiro e único objetivo: A salvação da pátria a qualquer custo. Aqueles que esperam ações filantrópicas e salvadoras dos EUA para com o 'resto do mundo', podem, em muito, se decepcionar. O Brasil e o Lula que se cuidem! Vem aí restrições contra nossos produtos, de açúcar a avião, só para começar com letra 'a'. Até logo, ou até mais ver o Ograna em ação."

Sérgio Aranha da Silva Filho - OAB/SP 63.138 - 20/1/2009

"A 'posse' de Barack Obama? Renovam-se as esperanças, as chances e oportunidades. Um basta a política de interesses escusos, ... bem-vindo aos que desejam abandonar condutas corruptas, ... e reforço aos valores ancestrais, deixados com marca de ferro, sangue e fogo, como herança antropológica pelos pioneiros, ... pelos colonizadores que atravessaram os mares em busca do sonho americano, ... e discursou convicto dos desafios que a sociedade americana terá que enfrentar, ... No extrato da ata, lembrei da aula inaugural lecionada em Harward, ... desde o século passado, ... no curso de História das Civilizações, ... quando o professor, ... fazendo analogia sobre a história do Império Romano, ... não se cansa de repetir, ... a história deles (Roma e sua vertiginosa queda), ... é a nossa história. Um bom 'pasto' para os estudiosos de sociologia, história, filosofia, conhecimentos dos quais, o mundo inteiro ficou tão carente, em razão dos espaços preenchidos pelos 'profetas econometristas de wall street', ... esses que segundo noticiado pela grande mídia foram os principais contribuintes da apoteótica - histórica e sem precedentes - solenidade de posse. Essa que, como o próprio termo informa, ... 'posse' é um dos requisitos da propriedade, ...me parece que o Sr. Presidente Obama, ... por sua formação cultural e humanística, saberá distingui-la da 'propriedade', passando a limpo, um sem número de cáusticos e graves erros, dos antigos 'senhores da guerra e donos do poder'. Cordiais saudações!"

Cleanto Farina Weidlich – migalheiro, Carazinho/RS - 21/1/2009

"Que maravilha poder viver num País que a cada quatro anos, a Democracia não sofrerá sobressaltos e o novo eleito tomará posse tranquilamente, sem perigo de golpes, ou tramoias de continuidade. Boa sorte Barack Obama!"

Tania Tavares - 21/1/2009

"O poeta paraibano Augusto dos Anjos, que garantiu um lugar de destaque na literatura brasileira, mesmo só tendo um livro publicado ('Eu'- desde 1919 constantemente reeditada com o título de 'Eu e outras poesias'), foi lapidar quando em poema 'Versos Íntimos', afirmou: 'A mão que afaga é a mesma que apedreja'. Agora, quando vemos o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, deixar a Casa Branca com os piores índices de popularidade entre todos os ex-presidentes daquele país, nada mais pertinente do que saldar a sabedoria de Augusto dos Anjos, e recomendar que a leitura de sua obra seja recorrente para qualquer líder popular. Afinal, a história está repleta de líderes que após experimentarem índices estratosféricos de popularidade, foram paulatinamente perdendo prestígio até acabarem ostensivamente renegados pelo seu povo. O exemplo mais marcante foi Hitler, que após o naufrágio do tal 'Reich dos Mil Anos', passou ser repudiado pelos alemães, mesmo por aqueles que fanaticamente o saudavam, em manifestações monumentais, como se fosse um Deus. Aqui no Brasil, o exemplo mais marcante foi Collor, que mesmo tendo sido eleito com 'uma enxurrada de votos', após o 'impeachment', foi renegado por seus esperançosos eleitores, que inclusive passaram a ter vergonha do confirmar o voto no ex-caçador de marajás. É uma pena que Lulla já tenha confessado publicamente a sua aversão pela leitura..."

Júlio Ferreira - Recife/PE - 21/1/2009

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram