Migalhas in love

11/6/2009
Rufino de Campos

"O institututo da União Estável acha-se banalizado. Se a união estável é comparada ao casamento, entendo que esta deve ser para os casais que vivem sob o mesmo teto, pois os casados vivem desta forma (Migalhas 2.160 - 10/6/09 - "Migalhas in love" - clique aqui). Reconhecer como união estável casais que vivem em tetos diferentes, nada mais é que reconhecer como se casados fossem pessoas que vivem sob tetos diferentes e se encontram para namorar e manter relacionamento sexual. O entendimento precisa ser mudado. Precisamos ver com mais seriedade o instituto da família, o qual encontra-se desgastado pela falta de respeito entre os casados e entre filhos e pais."

 

Envie sua Migalha