Operação Limpeza do Judiciário

23/6/2009
Olavo Príncipe Credidio – OAB/SP 56.299

"Li a excelente reportagem A Operação Limpeza do Judiciário. Ela, se quisermos justiça na acepção da palavra, deve investir contra a chamada Teleologia. Usando dessa pretensa figura filosófica, os juízes, dão sentenças por subjetivismo, lucubrações cerebrinas, idiossincrasias etc. contra as leis existentes, e acham ser impunes diante de tantos absurdos e pior, há advogados e juristas, assim como professores de direito que os apóiam. Diante disso, lancei meu livro há três anos, sob o título: a Justiça não Só Tarda. Mas Também Falha e venho lutando junto à OAB, ao Congresso e ao Conselho Nacional de Justiça para que crie órgãos de juristas-etimólogos- hermeneutas e até psicólogos, para que examinem sentenças absurdas e punam os juízes, baseados na Loman. Todos são iguais perante as leis, diz a CF/88, mas muitos deles acham-se impunes e vêm colocando inocentes na cadeia; assim como sonegando direitos. Atenciosamente,"

Envie sua Migalha