Conta astronômica

15/7/2009
Eduardo Cotrim - escritório Martins Castro Monteiro Advogados

"Tão absurdo quanto o 'estratosférico' cálculo apresentado, é o tempo de duração do processo: mais de 20 anos (Migalhas 2.183 - 15/7/09 - "Coisas da vida" - clique aqui)! A equivocada conta pode ser retificada por uma 'perícia' - na verdade, um parecer encomendado pelo banco -, mas e o inacreditável tempo de espera dos autores pela reparação do dano que lhes foi causado? Tem remédio?"

Envie sua Migalha